segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Recrutamento interno e externo

Recrutamento consiste ,segundo CHIAVENATTO em atrair candidatos para a posterior seleção dentro de uma empresa.Existem 5 tipos ,compreendidos em :Recrutamento interno, externo e misto.

Interno

Quando existe um cargo para o qual é necessário efetuar recrutamento, a prioridade para o seu preenchimento recai sobre os colaboradores da empresa (Peretti, 2001) efectuando-se promoções (movimentação vertical), transferências (movimentação horizontal) ou transferências com promoção (movimentação diagonal) (Chiavenato, 2000). Desta forma, o recrutamento interno realiza-se mediante: a) um sistema de informação acerca dos cargos disponíveis através de notas de serviço e/ou do jornal da empresa; b) verificação dos ficheiros da empresa procedendo-se a uma triagem tendo por base as informações disponíveis e os critérios de selecção; c) existência de um plano de carreira (Peretti, 2001).
As vantagens desse tipo de recrutamento consiste :

1. É mais econômico em termos de tempo e dinheiro comparativamente com o recrutamento externo, visto que dispensa custos com anúncios ou com empresas de recrutamento, custos de integração etc, e evita a espera do período de tempo entre a colocação do anúncio e o processo de admissão (Chiavenato, 2000);

2. É mais provável escolher o candidato adequado (Rocha, 1997);

3. Aumenta a motivação dos colaboradores , dando possibilidades de ascensão na organização e oportunidades de evolução na carreira ;

4. Eleva a segurança em relação ao colaborador pois este já é conhecido na organização, sendo que esta já possui informação acerca dele ;

5. Garante a integração do colaborador na cultura da organização dispensando o acolhimento (Chiavenato, 2002), pois já existe encaixe cultural entre ele e a empresa ;

6. Aproveita investimentos a nível da formação ;

Externo

O recrutamento externo realiza-se quando se pretende preencher o cargo vago com candidatos externos à organização, sendo estes atraídos pelas técnicas de recrutamento (Chiavenato, 2000; Rocha, 1997). Trata-se portanto de uma procura de candidatos no mercado de trabalho .
Possui vantagens,compreendidas em :

1. Ingresso de “sangue novo” na organização (Câmara, Guerra e Rodrigues, 2003; Rocha, 1997), trazendo novas formas de pensar que permitem alargar as competências existentes;

2. Os outsiders são possuidores de novos conhecimentos sobre a indústria e o mercado que irá enriquecer a organização (Rocha, 1997);

3. Os custos são menores do que com a formação dos colaboradores (Rocha, 1997; Mejia, Balkin e Cardy, 1995);

4. Enriquecimento da base de dados de candidatos permitindo ter em arquivo dados de candidatos que futuramente poderão vir a preencher as necessidades da organização (Câmara, Guerra e Rodrigues, 2003);

5. A imagem da empresa como empregadora é reforçada.

Misto
Enfim,tem-se o recrutamento misto que apresenta-se como alternativa para ultrapassar as desvantagens de optar apenas por recrutamento interno ou externo.Podento dividir as vagas entre candidatos internos e externo à organização .

Logo, cabe a cada empresa identificar qual deverá ser seu meio de recrutar que se adequará mais ao perfil de sua organização , buscando a máxima eficiência e maior redução de custos.

Texto na íntegra disponível em :

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário